---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

educacao
MUNICÍPIO DE MAJOR GERCINO REALIZA A X CONFERÊNCIA DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE

Publicado em 20/11/2018 às 13:32 - Atualizado em 20/11/2018 às 13:38

No dia 09 de novembro, o Município de Major Gercino, realizou a X Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, tendo como tema central “Proteção Integral, Diversidade e Enfrentamento das Violências”.

 

 


Neste ano de 2018, todos os Municípios do País tiveram o compromisso de ampliar a discussão sobre esta temática, e Mobilizar os integrantes do Sistema de Garantia de Direitos (SGD), crianças, adolescentes e a sociedade para a construção de propostas voltadas para a afirmação do princípio da proteção integral de crianças e adolescentes nas políticas públicas, fortalecendo as estratégias/ações de enfrentamento às violências e considerando a diversidade.

 

 


A ideia era justamente ter como protagonistas da conferência e das discussões sobre os direitos da criança e do adolescente, as próprias crianças e adolescentes, já que nós enquanto adultos falamos muito sobre seus deveres, e infelizmente por vezes seus direitos acabam sendo violados.
A Conferência teve 98 participantes, entre crianças e adolescentes da Rede de Ensino Municipal e Estadual, além de 39 adultos - profissionais da rede de serviços socioassistenciais do Município, representantes da Secretaria Municipal de Educação, Saúde, Assistência Social, Conselhos de Direitos, Conselheiros Tutelares e Polícia Civil.

 

 


De forma lúdica, a palestrante Queli Aschau, Assistente Social, Doutoranda em Serviço Social, conduziu as explicações sobre a temática “Proteção Integral, Diversidade e Enfrentamento das Violências”, onde a partir daí, propondo que as crianças e adolescentes fossem Prefeitos e Vereadores por um dia, apontassem as dificuldades que percebem na garantia de seus direitos, e como podem melhorar, pensando sobre as mudanças práticas para o Município de Major.
É importante mencionar que o Estatuto da Criança e do Adolescente, Lei nº 8.069/1990, entende que crianças e adolescentes são sujeitos em formação e portadores de direitos. Direitos estes, garantidos através da doutrina de proteção integral, inaugurada no Estatuto, onde conforme consta no Art. 70 do ECA, “é dever de todos prevenir a ocorrência de ameaça ou violação dos direitos da criança e do adolescente”.

 

 


Sendo assim, as discussões sobre os Direitos da Criança e do Adolescente não deve ser realizada isoladamente nos momentos das Conferências Municipais, mas sim um compromisso de todos na sociedade, na rotina de trabalho de cada um.
Em caso de qualquer suspeita de violação de direitos ligue no DISQUE 100 e faça uma denúncia totalmente anônima, ou procure algum profissional do CRAS ou Conselho Tutelar e ajude a combater a violência contra a criança e adolescente.

 

 

 

“uma CRIANÇA quando bem cuidada é uma semente de PAZ e ESPERANÇA”
(Zilda Arns)


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar

Informações Relacionadas

Assuntos